Terapia de Casal RJ

Recentemente, eu estava ajustando o perfil das minhas contas de mídia social. Então, eu percebi como esses 150 personagens continuavam mudando à medida que este ano progredia. Não conheço você, mas é provável que isso continue mudando no futuro. A taxa que estou crescendo agora como pessoa acelerou exponencialmente este ano. É em parte porque estou saindo de um buraco financeiro. Isso se deve em parte ao fato de mudar meus hábitos negativos e substituí-los por alternativas positivas.

Na adversidade, crescemos ou recatamos.

Muitas vezes, este ano, senti que estava sendo empurrada contra uma parede de concreto. Em momentos como esses, sou forçado a reavaliar quem sou como pessoa.

Nos últimos anos, me escondi atrás da máscara de ser mãe. Eu me abriguei no presente imediato. Este presente valida alguns dos hábitos de circunstâncias infelizes que encontrei na vida. As tendências masoquistas desenvolvidas dentro dessas circunstâncias moldaram a maneira como eu vivia. Escusado será dizer que esses hábitos precisam ser mudados. Eles eram hábitos autodestrutivos.

Abandonar a procrastinação, a síndrome dos impostores e o pensamento negativo são muito mais fáceis do que abrir mão de hábitos que alteram sua personalidade.

Hábitos que têm o potencial de mudar sua personalidade, como comportamento passivo-agressivo, comportamento masoquista e usar a dormência como mecanismo de enfrentamento, são problemas que podem levar a uma infinidade de desordens psicológicas.

Como você deixa de lado hábitos que alteram sua personalidade?

A maioria das pessoas com distúrbios psicológicos não tem consciência de que seus comportamentos estão causando problemas em sua vida. Muitas vezes, eles precisam procurar um terapeuta para resolver a bagunça em seus relacionamentos e descobrir que esses hábitos autodestrutivos estão alterando lentamente sua personalidade.

Reconhecimento

O primeiro passo para a cura é sempre reconhecer que você tem esses problemas. Chegar ao fundo de suas experiências e registrar no diário essas experiências para processar suas próprias emoções durante essas experiências é o segundo passo no processo. Depois de processar suas emoções, reconheça que esses comportamentos têm alternativas simples. Mudar o comportamento pode ser feito com atenção plena e muita prática.

Comportamento agressivo passivo – Você pode identificar comportamentos passivo-agressivos com bastante facilidade, medindo seu comportamento em uma escala “direta e honesta”. Toda vez que não estou sendo autêntico, me pego. Se não posso ser direto sobre um problema, simplesmente não digo nada. Depois que consigo enfrentar minhas tendências de prevenção de conflitos, eu me limpo do assunto e o discuto abertamente.

Comportamento masoquista – Você não pode identificar o comportamento masoquista tão facilmente. É mais fácil associar suas tendências masoquistas a uma emoção. Associo minhas tendências masoquistas à frustração. Toda vez, se estou fazendo uma escolha que resulta em más circunstâncias, reconheço minhas frustrações nessas situações e encontro uma saída para esse comportamento.

Terapia de Casal RJ

Fazendo muito trabalho por pouco salário

Seguir o caminho mais difícil em direção a uma meta

Esperando demais para começar a viver em felicidade

Ao encontrar o sucesso, em vez de aceitá-lo, sabotá-lo com queixas.

Esses são apenas alguns dos comportamentos masoquistas que essencialmente corrói minha visão otimista e me levam a um território de pensamento negativo.

Mecanismo de enfrentamento entorpecedor – Você pode reconhecer o mecanismo de enfrentamento entorpecente com bastante facilidade em seus dias como um véu de “vazio” que nubla suas emoções. A pergunta que me faço é: “Expresso minhas emoções completamente?” É quando percebo minha tendência a me segurar. Quando retenho minha felicidade, tristeza, frustração ou raiva, deve haver uma boa razão. Caso contrário, estou usando a entorpecente para lidar com a situação. Assim que a situação acabar, tenho que me permitir expressar essas emoções em particular. Caso contrário, essas emoções se acumularão, até que eu sinta aquele véu de “vazio”.

Alternativas

Depois de reconhecer esses comportamentos que podem alterar sua personalidade, mude para alternativas. É difícil mudar quando você não conhece as alternativas. Aqui está uma lista minha.

Comportamento agressivo passivo – em vez de comportamento passivo-agressivo, incline-se a ficar vulnerável no momento. Em seguida, libere sua resposta mais autêntica na situação sem evitar conflitos. Reconheça que o conflito pode ser produtivo e ajudá-lo a crescer. Incline-se para conflitos produtivos ou conflitos que incitarão a compreensão sempre que possível.

Terapia de Casal RJ

Comportamento masoquista – Em vez de comportamento masoquista, para qualquer situação, encontre um atalho para resolver o problema. Alinhe seus objetivos de vida para viver plenamente em vez de viver para o trabalho. Prepare-se para pequenos sucessos na vida, quebrando todos os seus grandes obstáculos em pequenos passos. Em seguida, comemore seus pequenos sucessos ao longo do caminho. Afirme-se de manhã. Então, dê gratidão no final do dia. Em breve, você substituirá comportamentos positivos por masoquistas.

Mecanismo de enfrentamento exigente – Em vez de entorpecer os mecanismos de enfrentamento, tente direcionar suas emoções para resolver produtivamente o problema em questão. Quando você sofre dificuldades, abusos, dificuldades financeiras e agendas agitadas, sabe que tudo isso é temporário. Em vez de lidar, tente reconhecer que você está no caminho da cura. O início do processo de cura está sempre se afastando da situação tóxica. Uma vez que seus efeitos se desgastam, você pode começar a lidar sem se entorpecer. Então, você pode curar.

Se você tem hábitos não apenas improdutivos, mas eles mudam sua personalidade dia após dia, tente reconhecê-los e alterá-los primeiro. Às vezes, não é sua incapacidade de ser produtivo que é o cerne da questão. Muitas vezes, quando você tem hábitos arraigados que construiu a partir do seu passado, precisa alterar primeiro.

Depois de reconhecer esses hábitos negativos, altere-os antes de começar a estabelecer hábitos positivos.

Envolver um terapeuta para ver se a terapia cognitivo-comportamental pode ser adequada para você é outro caminho a seguir, se você reconhecer seus comportamentos, mas tiver problemas para trocá-los por alternativas.

O que você está esperando?

Contato

Telefone ou Whatsapp para verificação de disponibilidade e Agendamento para atendimento online:

(21) 98843-0729
Terapia de Casal RJ

Posts Relacionados